Site menu:

Anuncie Aqui!

Degas

Degas auto retratoEdgar Hilaire Germain de Gas ou Edgar Degas

19 de Julho de 1834 a 27 de Setembro de 1917.

Gravurista, pintor e escultor francês.

Conhecido principalmente pelas suas pinturas, carisma impressionista, é igualmente relembrado como gravurista. A maioria de seus trabalhos conservam-se hoje no Museu de Orsay, na cidade de Paris, onde o artista nasceu e faleceu.

Nascido no seio de uma família da alta-burguesia e a sua origem e a formação de Edgar Degas jamais sugeriam que ele viesse a ser um revolucionário, que de uma forma tão morta satirizou e reformulou as percepções visuais das pessoas do seu tempo.

Aos onze anos, os pais ingressaram-no num bom colégio, da típica sociedade, mas, somente quando se inscreveu no Lycee Louis Le Grand, começou a perseguir um sonho chamado "Arte". Aos dezoito anos, numa sala da mansão dos seus pais, formou um atelier onde concebeu alguns dos melhores trabalhos do início da sua carreira. Não pintava muito na escola pois tinha bem assente a sua posição social e os pais relembravam-lhe constantemente que era um aristocrata. Cansado saiu do liceu aos vinte anos de idade com outros planos em mente.

Com Louis Lamothe estudou desenho. Foi este artista quem lhe serviu de conselheiro durante os primeiros anos da sua carreira e que lhe fez florescer o gosto iminente por Ingres. Nos anos próximos Degas foi admitido na École des Beaux-Arts, em Paris. familia Bellelli

Entusiasmado, empreendeu uma viagem à Itália onde tomou mútuo contacto com as obras de Rafael Sanzio, Leonardo da Vinci, Michelângelo, Andrea Mantegna - tanto que chegou mesmo a fazer um quadro cujo título era "A cruxificação de Mantegna" - entre outros artistas da Renascença.
Durante esta viagem concebeu um dos seus melhores trabalhos: Retrato da família Bellelli, imagem ao lado.

Degas era um estudioso, em sua longa visita a Itália, onde não se absteve de estudar e até mesmo copiar as obras dos mais distintos pintores do Renascimento italiano. Continuando seus estudos quando retornou a Paris onde estudou as obras de pintores, seus precedentes, de toda a Europa.

Degas auto retratoNa década de 60, Degas adquire finalmente o estilo que o tornaria famoso e diferente dos seus colegas: a pintura histórica. Apesar desse particular não deixou de continuar a pintar as cenas de ópera e concertos, mulheres e finalmente, as bailarinas. Sim, as famosas bailarinas que o tornaram um pintor de renome. Desta série que perdurou ao longo do final do seu glorioso percurso artístico, as mais famosas pintura são, sem dúvida, A primeira bailarina e A aula de dança. Nestes trabalhos o francês aplicou-se vivamente nos tons vibrantes, que vigoraram vulgarmente ao longo da sua vida. Porém, durante este período os seus trabalhos tornaram-se muito expressivos, alarmantes, assustadores.

Degas marca o início da sua independência do grupo dos impressionistas depois de A pequena bailarina de catorze anos (ao lado).

Ao exibir esta escultura deixou os seus colegas chocados, assim como toda a "boa sociedade" da época.
A partir daí, o Mundo começou a refletir sobre aquele aristocrata que se atreveu a provocar a sociedade e Degas foi, de algum modo, rejeitado e até mesmo humilhado. Mas ninguém pôde esquecer que ele mudara a visão conservadora e eclética do mundo, Degas foi aquele que não se esqueceu de publicitar e de tornar públicos os problemas da época.

Anos mais tarde, a famosa escultura tornou-se um ícone desta forma de Arte.
Galeria das Obras de Degas

Voltar para Grandes Mestres